20 milhões de africanos estão à beira da fome, dizem agências da ONU

2017-05-19 20:46:27丨portuguese.xinhuanet.com
Roma, 18 mai (Xinhua) -- Vinte milhões de pessoas em quatro países africanos estão à beira da fome, disseram altos funcionários da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) e do Programa Alimentar Mundial (PAM), em Roma. As pessoas no nordeste da Nigéria, Somália, Sudão do Sul e Iêmen enfrentam uma crise humanitária "sem precedentes" devido a uma combinação de seca e conflito armado com insurgências fundamentalistas, como os grupos Boko Haram e Al-Shabaab. "É a maior crise que qualquer um de nós já viu," disse Denise Brown, diretora de emergências do PMA, em entrevista coletiva. Ela descreveu a situação como milhões de pessoas "de pé na beira de um penhasco, e o número continua aumentando." Conflito e clima adverso estão causando a morte de animais e a seca nos campos em uma região do mundo em que 80% da população depende da agricultura e da pesca para sobreviver, de acordo com a Diretora da Divisão de Emergência e Reabilitação da FAO Dominique Burgeon. Se uma ação não for tomada, o mundo assistirá a uma repetição da fome de 2010-2011 na Somália, na qual 250 mil pessoas morreram porque a comunidade internacional não agiu rápido, disseram os altos funcionários. A definição da fome ocorre quando 20% da população está morrendo de fome, 30% das crianças estão extremamente desnutridas e a taxa de mortalidade atingiu o dobro da média, explicou o economista-chefe do PAM, Arif Husein. Ele acrescentou que muitas crianças desnutridas significam que uma geração inteira será permanentemente prejudicada. Bourgeon disse que as pessoas que fugiram da Somália em 2010-2011 ainda estão em campos de refugiados. "É extremamente difícil para eles voltarem," disse ele. "Assim, a melhor maneira de evitar (a migração) é ajudá-los a permanecer onde estão." Isto significa não só ajuda de emergência, mas também políticas de longo prazo, tais como fornecimento de sementes para cultivos, sistemas de irrigação, pescas, equipamentos e cuidados veterinários para o gado. "Nós não devemos apenas manter as pessoas longe da beira do penhasco - devemos tirá-las do penhasco," disse ele. O PMA presta assistência a 80 milhões de pessoas em 80 países por ano. Seu conselho executivo é composto por 36 Estados membros, e seus principais doadores são os governos. Em 2016, arrecadou mais de 5,9 bilhões de dólares. A FAO é uma agência das Nações Unidas dedicada à erradicação da fome e à promoção do uso sustentável dos recursos naturais.
Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo: Telefone: 0086-10-8805-0795 Email: portuguese@xinhuanet.com
010020071380000000000000011100001362990621
亿万先生